BARROSO - POR DEBAIXO DA TOGA

Professor, com todo respeito, no bar todo mundo é igual. E hoje é o seu dia! Pegue o seu whisky e venha cantar “bandeira branca” conosco. Puxe a cadeira de plástico, meu mestre – com carinho, Luis Roberto Barroso.

Sabe aquela pessoa que não tem uma lordose ou escoliose? Andar reto, fala mansa e pausada, apropriado, cheira bem, cabelo disciplinado, postura de lorde britânico, um “changeman”.

Os largos corredores da faculdade eram estreitos quando ele passava, os desavisados queriam saber quem era o cara que se destacava dentre os milhares de ternos pretos iguais e os veteranos pelas-saco, bem, esses disputavam, sem vergonha, a sua consideração.

Suas aulas eram lotadas, suas lições jurídicas eram perfeitas e éticas. Agora, veja bem, garotinho, as piadas eram horrorosas e constrangedoras – uma mistura de Praça é Nossa com Faustão. E as histórias repetidas … professor, aquela do vizinho muçulmano, já tive pesadelo. Mestre, pelo amor de deus, mude pelo menos uns detalhes, fale que ele era nudista, swingueiro, sadomaso, petista… sei lá use a Razoabilidade…rs

Sabe aquelas tretas que chegaram ao Supremo – casamento homossexual (suei pelos olhos), Cesare Batisti, aborto de fetos com anencefalia… todos da época em que advogava. Amigos, o cara causava desde a época da Ditadura, quando resistiu com firmeza no Centro Acadêmico da UERJ. Não se deixem levar pela imagem séria de quem parece estar sempre de dieta. O cara é foda, honra as calças que veste.

Sua vida de conquistas pessoais e profissionais dá um livro. Sempre terá minha presunção de retidão!

A lembrança forte que tenho dele foi num evento na faculdade. Ele estava em uma roda com uns figurões do Direito. Apareceu um aluno doidinho e começou a entrar no debate da roda. Os figurões fecharam a roda, excluindo o aluno. Ao perceber, Barroso abriu a roda e deu a palavra para o aluno, dando uma baita moral para o que falava. Se fuder@m, o cara é CONGO!!!

Galera, não vou me estender mais, para não parecer baba ovo de professor, vou te dar TRES motivos para odiar esse cara: Rubro-Negro; Gosta de “País Tropical” – Sou flamengo e tenho uma nega chamada Teresa; e foi advogado da CBF.

Garçom, tira o pagode e coloca “Bandeira Branca” porque bateu saudade.

Anúncios

2 Comment on “BARROSO – POR DEBAIXO DA TOGA

Por favor, diga o que achou do texto. Sua opinião é o que faz o site existir.

%d blogueiros gostam disto: